+5 votos
15 visitas
perguntado atrás em Família e Relacionamento por Platina (94,5K pontos)
editado atrás por
Entra-se na Justiça. E o juiz daqui expede uma carta precatória executória. ???? Bilhetinho para o juiz daquela comarca, distrito , etc. Possa resolver, intimar, etc.

Agora esperemos sentado essas idas e vindas. Ele passa a ser o Juíz Deprecado.

Bye,

3 Respostas

+1 voto
respondida atrás por (4,7K pontos)
Você tem um blog ou canal sobre esses "tapinhas" de prática forense? Se não tiver, sugiro que faça, vai ser muito bom.
comentado atrás por Platina (94,5K pontos)
Tenho não. Tenho poucos argumentos. Isso aí é para quem tá na área a mais tempo. Sou apenas um ex- Estagiário . Já tranquei .  Obrigado.
+1 voto
respondida atrás por Bronze (15,7K pontos)
Não sabia, talvez a espera pelo resultada valha a pena.
comentado atrás por Platina (94,5K pontos)
É . Demora mais vale a pena. Penhora bens dos sócios das empresas. O bicho pega. A questão é esperar os bens irem à leilão e se tranformarem e $$.
Bye.
comentado atrás por Bronze (15,7K pontos)
Beleza.
+1 voto
respondida atrás por Ouro (50,6K pontos)
Voce deve consultar um advogado trabalhista que sao os mais qualificados para ajudá-lo.

Eu nao recomendo ir a um advogado generalista, porque eles tem dificuldade em entender a reversao de carga  da prova. No direito do trabalho, de acordo com os regulamentos da OIT, aquele que tem que provar os fatos, é sempre o empregador e ao trabalhador lhe basta com negá-los. Nao é suficiente, de qualquer forma. A melhor coisa é consultar rapidamente um profissional em sua regiao para aconselhá-lo.

Mas, mesmo assim, a burocracia, até a corrupcao na "justiça" estao na ordem do dia. Ás empresas lhes sai mais barato pagar subornos ou acusar falencia do que cumprir com ex-empregados. É o sistema que é perverso amigo.
comentado atrás por Platina (94,5K pontos)
As empresas contratadas para prestações de serviço, principalmente aos órgãos públicos e federais . Não são bem fiscalizadas , e de vista grossa, etc . Fazem e acontecem.  Se inscrevem para licitações até sem capital ativo na Junta Comercial. Então os empregados que sofrem E quando acusam falência ou terminam contratos , fogem e nem as verbas rescisórias pagam. Então o trabalhador entra na Justiça e a Responsabilidade Subsidiária é do Contratante. Mas esse sendo o Estado. Dificilmente o Juiz responsabiliza o Estado e sempre as empresas contratantes. E fica o advogado dependendo de outro Juíz de outro estado para achar, intimar, penhorar , e etc, é um trabalhão e leva anos com isso. O tal do Juiz deprecante com o Deprecado kkkkkkkkkkk . São as cartas precatórias executórias. Mas isso é muito chato de comentar.
Valeu.

Perguntas relacionadas

+7 votos
8 respostas
+7 votos
2 respostas
+4 votos
2 respostas
+4 votos
9 respostas
Seja bem vindo ao Gloove, seu novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!
...