+6 votos
53 visitas
perguntado em Política, Leis e Sociedade por Bronze (10,9K pontos)

5 Respostas

+2 votos
respondida por Prata (47,2K pontos)
selecionada por
 
Melhor resposta
Nao e sim.

Nao justifica , porque o Estado determina quanto e quando voce deve pagar mas nunca pergunta o que voce quer fazer com esses impostos. E se nao pagar, sofre sua repressao. Com estes impostos se financia o exército, a Igreja, os políticos, a burocracia, a corrupcao mesma etc.  

Mas também á saúde, á educacao, á seguranca pública, ao transporte público, infraestrutura estratégica, aí já nao seria um roubo(segundo minha visao).

O problema é que os impostos nao sao equitativos e progressivos, na maioria dos casos. Aí já se produz uma injustica. O que mais tem, deveriam pagar mais, e o pobre diratamente nao pagar; quando vá alcancando um maior nivel de ingressos, ir pagando progressivamente.

Aqueles que pedem a reducao de impostos parecem acreditar que nunca precisarao de atencao médica. Senao ¿qual é a idéia de sustentar pela saúde ou a educacao em um país ?. ¿Devemos deixá-lo a merce de filantropos que nem Bill Gates da vida?. Eu acredito que os impostos sao necessários, e que eles deveriam ser progressivos.

Obviamente, em uma sociedade em que todos fossemos iguais, nao seriam necessário, mas acontece que a única maneira de acessar a certos servicos por parte de aqueles que nao somos ricos é através de servicos cobertos por impostos. Arremeter contra os impostos, ou acho que é uma cegueira ideológica ou uma manipulacao interessada.

^^
+3 votos
respondida por Prata (26,5K pontos)
Eu até entendo e acho justo a revolta dos libertários com impostos, principalmente em um país que se saqueia tanto o bolso da população. Sou a favor que se cuide exclusivamente de saúde, educação e segurança pública.

Também sou a favor de uma diminuição gradual, na medida em que a liberdade econômica melhore a vida de muitas pessoas. Por exemplo: em uma sociedade que sobra empregos, sem excesso de regulações, deve-se incentivar aqueles que já possuem uma certa renda, a deixarem o serviço público de saúde para aqueles que necessitam.

Se o coisa não for gradual, e  acontecer "de uma hora para outra", o que serão dos miseráveis e das pessoas economicamente vulneráveis?

Nunca achei satisfatória a solução para estas questões, por isto ainda defendo um Estado mínimo.

Abraço.
+3 votos
respondida por Platina (76,8K pontos)
Imposto é algo necessário,mas quando existe a corrupção no governo, todo e qualquer imposto não é suficiente.

O dinheiro é desviado de sua verdadeira finalidade, e os corruptos querem mais, aumentam os impostos para cobrir seus rombos, para que não sejam notados.

E continuam nas festanças com nosso dinheiro.
+2 votos
respondida por Prata (37K pontos)
A União precisa de imposto pra sobreviver, mas no caso do  Brasil jé é roubo
+2 votos
respondida por (4,2K pontos)
Não seria roubo se servidores do governo não ganhassem 40 mil por mês, não dissessem que o rombo nas contas é culpa da previdência, o sus atendesse igual ao sírio-libanês, não precisasse plano de saúde, e nem segurança particular. Como nada disso existe, e os impostos levam 40% da renda, então é roubo sim

Perguntas relacionadas

+2 votos
2 respostas
+9 votos
7 respostas
perguntado 5 Out, 2017 em Curiosidade por Amaya... Ouro (71,5K pontos)
+4 votos
5 respostas
+5 votos
5 respostas
perguntado 23 Jul em Curiosidade por Anastacia Grey Bronze (15,2K pontos)
Seja bem vindo ao Gloove, seu novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!
...