+7 votos
32 visitas
perguntado em Esporte por Prata (26,5K pontos)
editado por

Dia 6 de Novembro de 1986, exatamente há 32 anos, o treinador e ex-jogador de futebol, o escocês Alexander Chapman Ferguson, chegava ao comando do Manchester United. 

Com uma boa passagem pelo Aberdeen da Escócia, conquistando 3 campeonatos escoceses, 4 copas da Escócia e 1 copa da liga escocesa - ele também tinha conquistado 1 título pelo St. Mirrem anteriormente -  o treinador foi contratado pelo Manchester United. 

Ferguson só viria a ganhar seu primeiro título no United, na Copa da Inglaterra da temporada 1989-90.  Sua primeira Premier League só veio na temporada 1992-93. E como comandante do time de 1986 até 2013, por 27 anos ele ganhou: 13 Premier League, 5 Copas da Inglaterra, 4 Copas da Liga Inglesa, 10 Supercopas da Inglaterra, 2 Ligas dos Campeões da Europa, 1 Recopa Européia, 1 Supercopa da UEFA, 1 Copa Intercontinetal e 1 Mundial de Clubes da FIFA. 

Ferguson demorou para ganhar seu primeiro título, mas levou o Manchester United a outro patamar, antes dele, o clube era só o quarto vencedor de torneios igualando-se ao Aston Villa, 8 títulos atrás do Arsenal e Éverton e 16 atrás do Liverpool. Hoje, o clube é o maior campeão da Premier League, o clube mais rico do mundo, o segundo maior clube do século XX, atrás apenas do Real Madrid. 

Pessoalmente, "Sir" Alex Ferguson ainda recebeu e receberia muitas honrarias pessoais. Mas com sua aposentaria em 2013, o Manchester United ainda não se acertou para voltar a ser o que era.  

Será possível uma história como está novamente ou o futebol mudou?

5 Respostas

+1 voto
respondida por Prata (36,6K pontos)
Sir Alexander Chapman  já fez o nome dele
+1 voto
respondida por Bronze (10,9K pontos)
O futebol virou um mundo dinâmico de investimentos, muitos não conseguem esperar alguns anos por resultados expressivos e consolidação, querem o ápice no mesmo ano ou no próximo.
+1 voto
respondida por Platina (90,5K pontos)
Acho muito difícil disso acontecer novamente,  já que os treinadores de futebol não costumam ficar muito tempo no mesmo clube.
Boa tarde.
+1 voto
respondida por (2,4K pontos)
É possível e valeria o esforço. Claro, que por períodos menores mas ainda longos. Basta você contar quantas vezes o São Paulo mandou Muricy Ramalho embora para recontratà-lo e situação parecida de Felipão no Palmeiras para ver que troca de técnico às vezes é só uma desculpa que  dificulta a evolução da equipe a longo prazo!
+1 voto
respondida por Prata (35,8K pontos)
Acho possível se o técnico manter uma carreira vitoriosa.
Seja bem vindo ao Gloove, seu novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!
...