+6 votos
35 visitas
perguntado em Família e Relacionamento por Bronze (14,9K pontos)

Procura-se gente capaz de driblar atritos sem importância, disseminar gentilezas, ser verdadeiro e único para fazer parte desta grande rede virtual em que convivemos. 
É necessário um maior cuidado com o que ouvimos, vemos e lemos, pois somos (na maioria) o resultado das opiniões recebidas. 
Aquilo em que acreditamos, consciente ou inconscientemente, tornamos real. E isso vale para tudo o que pensarmos sobre nós mesmos, sobre o espírito, sobre as outras pessoas, sobre as nossas profissões... somos aquilo que acreditamos ser. 
Precisamos compreender que só existe UMA pessoa capaz de julgar o que é verdadeiro para nós: nós mesmos. 
Podemos reunir qualquer conjunto de virtudes que nos agrade e, com elas, podemos construir nossos próprios conceitos de realidade. 
Melhor então escolher aquelas que nos tragam alegria e nos permitam estar felizes, sem a pretensão de que estaremos vivendo num mundo ilusório e sim num mundo mais sensato. 
Vamos nos desfazer de todas as opiniões acerca de quem somos, acerca do que os outros são e acerca do que o Espírito é, mantendo as nossas crenças plenamente abertas à mudança e o nosso discernimento vivo e sadio. 
Se queremos uma humanidade gentil, verdadeira, amorosa, que sejamos assim. 
Vamos ouvir tudo, pensar sobre tudo, peneirar tudo e escolher de acordo com nossa opinião. Esse é o caminho do entendimento, para sermos livres com nossas escolhas. 

Então, com convicção podemos dizer: EU QUERO SER EU MESMO... 


Alguém se habilita? 

:)

4 Respostas

+2 votos
respondida por Prata (43,9K pontos)
selecionada atrás por
 
Melhor resposta
Me habilito.

Sabe que passa Rosa, que desde pequenos nos ensinam certas normas para conviver na sociedade que, por vezes, restringem como realmente somos. Isso nao é necessariamente negativo. É normal e lógico que precisamos de regras, mas ás vezes as transportamos longe demais, até mesmo a nós mesmos. É aqui quando deixamos de ser auténticos. Temos que nos atrever a ser nós mesmos, por mais assustado e estranhos que este 'eu' possa se tornar.

E nao é fácil sermos nós mesmos nao. Pelo fato que temos medo de nos descobrir, de ver como realmente somos, por irónico que pareca. Nosso falso "eu" é aquele que acreditamos ser. Voce viveu como os outros queriam que voce fosse. Mesmo nao se perceba, eles te fizeram assim, e mudar é algo que dá medo, é normal.

Há muitas pessoas que continuam vivendo em uma mentira de seu próprio 'eu', enquanto aquelas que SAO AUTÉNTICAS sao verdadeiramente felizes. Conhecer, descobrir e tirar seu "eu" auténtico fará com que se sinta em harmonia consigo mesmo.

Quanto mais voce for voce mesma, mais feliz será e mais atrairá as pessoas fazia ti. Aquela falsa crenca de que se voce nao é como os outros querem que seja te afasta das pessoas é uma mentira!.

Como diz Bertrand Russell; "Ninguém deveria achar-se perfeito, nem se preocupar demasiado com o fato de nao se-lo".

Vamos, sejamos felizes com o que somos, seja muito ou pouco, desfrutemos do que a vida nos apresentou, apresenta e apresenterá. :)

+3 votos
respondida por Cobre (5,7K pontos)
Acho que você e a Senhorita Biaa são assim .
Talvez o Paul e o seu Pere tbm .
Quanto a mim,ainda quero desenvolver essa habilidade e espero conseguir.
De resto só admirar quem tem.
+2 votos
respondida por Ouro (74,3K pontos)
Ninguém  deve se vangloriar daquilo que já recebemos de graça ao nascermos, como ser homem, ser mulher, ser branco, ser negro, amarelo, vermelho, bonito, feio.

Devemos é nos sentir bem com as coisas que realizamos por nossos próprios méritos.
.
+1 voto
respondida por Ouro (62K pontos)
Sou eu mesma sempre,com defeitos e qualidades.

Perguntas relacionadas

+9 votos
4 respostas
perguntado 31 Ago em Curiosidade por Credo! Só tem Br. Bronze (10,3K pontos)
+7 votos
9 respostas
+3 votos
6 respostas
perguntado 10 Ago, 2017 em Curiosidade por Dilma Xanuda Ouro (65,4K pontos)
Seja bem vindo ao Gloove, seu novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!
...