7 Respostas

+2 votos
respondida por Ouro (62,3K pontos)
Por que apenas João é citado como o discípulo amado, se Deus não faz acepção de pessoas? ^^

Capítulo completo.

21 Tendo Jesus dito isto, turbou-se em espírito, e afirmou, dizendo: Na verdade, na verdade vos digo que um de vós me há de trair.

22 Então os discípulos olhavam uns para os outros, duvidando de quem ele falava.

23 Ora, um de seus discípulos, aquele a quem Jesus amava, estava reclinado no seio de Jesus.

24 Então Simão Pedro fez sinal a este, para que perguntasse quem era aquele de quem ele falava.

25 E, inclinando-se ele sobre o peito de Jesus, disse-lhe: Senhor, quem é?

26 Jesus respondeu: É aquele a quem eu der o bocado molhado. E, molhando o bocado, o deu a Judas Iscariotes, filho de Simão.

27 E, após o bocado, entrou nele Satanás. Disse, pois, Jesus: O que fazes, faze-o depressa.

28 E nenhum dos que estavam assentados à mesa compreendeu a que propósito lhe dissera isto.

29 Porque, como Judas tinha a bolsa, pensavam alguns que Jesus lhe tinha dito: Compra o que nos é necessário para a festa; ou que desse alguma coisa aos pobres.

30 E, tendo Judas tomado o bocado, saiu logo. E era já noite.

João 13:21-30
+2 votos
respondida por Bronze (24,3K pontos)
Isto expressa a proximidade entre Jesus e João, não significa que ele amasse os outros menos. Talvez João tivesse um apego maior a Jesus, mais sensibilidade...

Abraço.
+1 voto
respondida por Platina (87,2K pontos)
Jesus amava a todos os discípulos, acho que não tinha um que ele amava mais.
Boa tarde.
+1 voto
respondida por Ouro (74,6K pontos)
Deus não faz acepção de pessoas quando buscam conhecê-lo, ou seja, não vê os seus defeitos, a sua etnia, a sua opção sexual, se é ladrão, assassino.

Mas Deus reconhece o coração que tem grande sinceridade.

Você citou Judas, Jesus sabia que ele era o traidor, e com certeza conhecia bem os outros apóstolos também.

Pedro, por exemplo, Jesus  sabia que ele iria nega-lo três vezes, nem por isso o repudiou, porque também sabia que ele iria se arrepender e que cumpriria a missão de propagar as suas palavras de salvação.
+1 voto
respondida por (3,4K pontos)
Introduza Maria Madalena nesse cenário e tudo ficará mais fácil.
+1 voto
respondida por Cobre (9,9K pontos)
Acho que era mais questão de apego e intimidade
João era sempre mais próximo
O que não quer dizer q Jesus amasse menos os outros.
+1 voto
respondida por (284 pontos)
O apóstolo João era primo de Jesus, filho de Salomé, esposa de Zebedeu e irmã de Maria. Talvez por isso ele tivesse um achego maior a João. Possivelmente eles cresceram e brincaram juntos.

Note que isso não era uma demonstração de favoritismo, da mesma maneira que não é favoritismo você ter mais amizade com um parente seu do que com um vizinho.

Seria favoritismo, ou demonstrar parcialidade, se Jesus favorecesse João de alguma maneira. A prova de que ele não fez isso está no relato que mostra que João e seu irmão Tiago, pediram a sua mãe, Salomé, tia de Jesus, que pedisse a ele os melhores lugares no reino de Deus para os dois. Jesus disse que não poderia conceder tal lugar a eles, nem mesmo por serem parentes, mas Deus, o Pai de Jesus é quem iria determinar quem teria tais lugares.  (Mateus 20:20-28)
Seja bem vindo ao Gloove, seu novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!
...