+4 votos
32 visitas
perguntado em Religião e Espiritualidade por (4,1K pontos)

...”Então uma religião já não é verdadeira ou falsa, mas válida ou não?

Se sua validade depende do sentido ou consolação que seja capaz de dar à existência, como separar o joio do trigo? Como distinguir uma grande religião e uma mesquinha superstição?

Por que o cristianismo e não astrologia, considerando que, no que se refere a “sentido” esta parece que funciona bastante melhor como “fé” das massas. “

O critério de sentido é desapiedade, leva ao subjetivismo mais radical, à fé como unquento e bálsamo da alma:  a cada um sua maquiagem religiosa, substituível segundo sua necessidade.

Uma religião do sentido (e não da verdade) é uma religião que já não é de pessoas, e sim de ‘consumidores’ (de sentido)”

(D´arcais - excerto da entrevista com o cardeal Joseph Ratzinger)

Qual é a sua encruzilhada como sentido da vida?

4 Respostas

+1 voto
respondida por Prata (47,2K pontos)
selecionada por
 
Melhor resposta
Todas as religioes buscam a verdade, buscam a manifestacao de sua forma de divindade; portanto, para seus seguidores eles sao válidos e para os outros eles devem ser respeitáveis, é uma crença baseada na fé.

Toda religiao é um caminho para Deus, aqueles que nao praticam uma religiao carregam um código de conduta que nos dá diretrizes similares aquelas usadas pelas religioes; Acredito que o respeito e a tolerancia sao indicadores de uma religiosidade saudável, se caem no fanatismo é porque precisam levantar a voz para serem ouvidos.

Ao meu ver a religiao é uma grande superstiçao, nao importa qual seja a sua religiao, enquanto ajude voce a se tornar uma pessoa melhor, a encontrar a resposta da vida que está dentro de voce,  afinal ¿qual a diferenca fatual entre um Padre e um psicólogo?. Nao importa quem voce adora, quem voce segue ou em quem voce acredita, se o propósito é o mesmo.

Observaçao; sou agnóstico.
+2 votos
respondida por Prata (27,1K pontos)
Eu creio no nosso Criador, Grande Arquiteto do Universo (Deus).  Religião ou (religação) não tenho nenhuma.
Abraço
+1 voto
respondida por (284 pontos)
Acho que para responder é preciso entender o que  é "verdade". Não pode haver duas verdades se uma não concorda com a outra. Ou as duas estão erradas ou uma delas está certa. As duas não podem estar corretas ao mesmo tempo.

Por exemplo, ou existe um inferno de tormento ou não. Não tem como um lugar assim existir e não existir ao mesmo tempo.

Se o inferno de tormento existir, uma religião que ensina que ele existe estará certa neste ponto. Por outro lado, a que ensina que ele não existe estará errada.

Por outro lado, se o inferno de tormento não existir, uma religião que ensina que ele não existe estará certa neste ponto. Por outro lado, uma que ensina que ele existe estará errada.

Não tem como as duas estarem certas nesse ponto se não concordarem entre si.
0 votos
respondida por (4,1K pontos)
Eu posso responder minha própria pergunta?  Não sabia disso.

Esse livro é interessantíssimo para entendermos como é difícil a harmonização entre uma mente crente nas abstrações religiosas e outra mecanicista e cartesiana.

Apesar de tudo não há nele, trocas de ironias farpadas para plateias aplaudirem, um leitor ávido de saber o que espera na próxima página.

E, no fim, a conclusão é que não se conclui nada à pergunta da capa.

Quem será que vai ganhar a MR nesta eleição? Hoje é o dia.
comentado por (4,1K pontos)
Essa já é demais! Posso escolher minha resposta como a melhor? Alguma coisa está errada. Está mesmo!
Seja bem vindo ao Gloove, seu novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!
...