+8 votos
45 visitas
perguntado em Família e Relacionamento por Cobre (6,4K pontos)
ama o amor ou você ama a pessoa??

.
Percebo um contraste entre as músicas românticas, que falam sobre um amor maravilhoso, e o dia a dia.
Ao ouvir a música abre-se um sonho maravilhoso de "como poderia ser".
E ao voltar à realidade, tomba-se na "vida como ela é".
A questão é: você se importa e quer ver feliz a pessoa amada ou só ama mesmo o amor?
;)

.

4 Respostas

+1 voto
respondida por Prata (32,8K pontos)
selecionada atrás por
 
Melhor resposta
A ideia do amor me atrai sim, confesso, não sou superficial. Gosto da sensação quando estou com alguém porém a sensação só vais existir A DEPENDER do que a PESSOA ME DESPERTA. Daí é a pessoa que faz todo o sentido da existência ou da ausência do AMOR!

Esse amor efêmero. Postei um vídeo com uma entrevista da Vanessa Urach que ela fala a respeito disso, da realidade da vida dela. Que os HOMENS SÃO CARENTES e que ela era acertada em falar coisas fofas e dizia "eu te amo", ou "você é o melhor"... essas palavras e ELA DIZ QUE "eles acreditam!" e que muitos após isso buscam ter filhos, daí pensei no conceito AMOR masculino. E se isso depende de uma perspectiva de gênero, em processar as coisas, em resumir a relação em sexo e palavrinhas mentirosas onde uma pessoa diz com algum interesse. Não sou assim... não amo o amor isoladamente e estar com alguém para preencher o ego, para SUSTENTAR A COMPETIÇÂO e dizer que sou melhor (como a Andressa Urach se apelidava de ÍMOLA, referência a Ayrton Sena.. uma pista de competição... Daí ela dizia "Ímola porque OU VOCÊ SE PERDE OU VOCÊ CHEGA EM PRIMEIRO"), o marketing forte  e jogadas emocionais. Por isso eu desisto, até porque não tenho capacidade para esse nível, sempre foi assim, não invisto em NADA que possa me machucar porque se sei que um homem que eventualmente eu goste gosta dessas coisas, de mentir para si mesmo sobre AMOR com gritos, xingamentos ou sem isso mais uma traição NÂO DÀ para ter intimidade e não pensar como foi com outra ou porque cultiva lindos sentimentos e "me agride" (no caso, nunca fui xingada, nem tapinha "de amor" no momento quente levei"... Acho que por isso sou assim,  querendo ou não o passado molda a gente as experiências E eu NUNCA disse NÂO... só foi sendo carinho... é o que me faz ser DOMINADA . Está em rendição... É quando me sinto segura para me entregar sem receios e sem medos.

Por isso é um processo importante quando gosto o processo de conhecer... Não sou impulsiva com meu coração, só quando  estou encurralada fiz algo extremo e tenho arrependimento. Sou a moda antiga, gosto da fase de se conhecer, sem precipitação, sem falar aquela coisa de "eu te amo" ... Nem eu gosto de ouvir no inicio da relação... Ou colocar no outdoor das redes sociais ou proclamar na rua amor para ser invejado e dentro de casa uma ruína. Nunca foi assim, sou até discreta em relação a dar satisfação de amor a outras, nunca fui de compartilhar com as amigas, porque no dia que compartilhei teve uma que deu em cima da pessoa. Por que fico encantada a falar um monte de coisas que há em mim e as perspectivas... Por que se me entrego já penso em uma vida toda, em um projeto de vida junto... mas entendendo que existem caminhos que podem romper isso...

EU  ME IMPORTO mesmo que as vezes a segurança me deixe "desligada", porque não sou profissional no campo da sedução... Deixo passar certas coisas sutis que nem ligava. Se a pessoa por exemplo me trocasse por futebol/surf nem ligava, não fico buzinando no ouvido... Falar com uma mulher sem mim não me deixava louca desde que não beijasse e coisitas a mais, ficar em redes sociais curtindo tudo (tenho esses deslizes)... Em compensação sou sem carinhosa, companheira e romântica, só nunca "prendi" alguém, dei liberdade e liberdade em excesso exigem responsabilidades maiores que há pessoas que não sabem lidar... Assim A PESSOA quem estou pode destruir tudo que sinto... MENTIR é o primeiro ponto.
comentado por Cobre (6,4K pontos)
Eu também sinto e atuo da mesma forma em quase tudo o que descreveu.
Acho que a maturidade de sentimentos leva a autonomia no amor, sem haver dependência ou mesmo carência.
Quanto as músicas e o conteúdo romântico, cabem em determinados momentos, e é muito verdadeiro o sentimento. Porém a realidade nua e crua faz com que guardemos este romantismo por conta do "desamor" generalizado, da descartabilidade das pessoas que está solta por aí.
Eu amo o amor, amo a pessoa, mas amo muito mais a mim mesma, me preservando e abrindo o peito àquele que vibra na mesma proporção.
Obrigada pela exposição, Ana Flor!
Adorei.
Bjo
;)
comentado por Prata (32,8K pontos)
Grata pelo complemento, pela pergunta e pelo comentário..s2
Eu me identifico mais com este perfil de perguntas.

bjs
comentado por Cobre (6,4K pontos)
Eu também!!!
;)
+1 voto
respondida por Prata (25,5K pontos)
Amor minha Rosa, é para mim o sentimento maior de todos os sentimentos. No meu passado próximo, eu amei, e tenho certeza que fui muito amado. Desse modo, acho que posso falar sobre esse sentimento. O Amor não é "sinónimo de Posse", mas sim, liberdade.
Quando amamos verdadeiramente, não há lugar para ciúme. O que se deseja, é que a pessoa amada, estando ou não, a nosso lado, esteja sempre feliz e contente.
Pelo menos para mim, era maravilhoso regressar do trabalho no fim da tarde, e encontrar dois braços à minha espera. Tinha a nítida sensação, que meu lar era um pedacinho do Céu...
Abraço
comentado por Cobre (6,4K pontos)
Concordo contigo Cigano.
O amor é livre e responsável.
bjo
;)
+1 voto
respondida por Platina (83,3K pontos)
Eu sei que no começo parece um mar de rosas, mas é triste como um alágrim aque cai. Musica . Cleito e Cleidir. Quando um  grande amor se faz.
comentado por Cobre (6,4K pontos)
Ahhhh, rosa é tudo de bom, imagina um mar delas...hahahaha
;)
comentado por Platina (83,3K pontos)
Mas rosas também tem alguns espinhos. Beijos.
+1 voto
respondida por Prata (32K pontos)
Começar minha semana falando de amor,quer coisa melhor?  desconheço...
Uma pessoa não pode dizer que ama o outro até que não conheça seus demônios, sua raiva, sua chateação e suas contradições. É necessário amar, para compreender que em um relacionamento nem tudo é beleza; também há caos e, junto a ele, dinamite.
não gosto de dizer "amor verdadeiro",não existe amor mentiroso..Amor é amor e pronto...agora como vive-lo..a quem dedica-lo..ah..quantas nuances ganha esse amor..começamos até a duvidar dele e perguntar será ele o verdadeiro? E refletindo mais, chego a conclusão que amo mesmo somente o Amor,pois na verdade não quero que ele se corrompa na mistura de outros sentimentos. Que bela confusão eu fiz né? Espero que tenha entendido algo do que quis dizer.

vou ilustrar com mega maestria sobre quem fala e entende  do tal AMOR VERDADEIRO



Bom dia bjoos

Perguntas relacionadas

+8 votos
3 respostas
perguntado 1 dia atrás em Família e Relacionamento por ROSA AMARELA Cobre (6,4K pontos)
+7 votos
5 respostas
+5 votos
4 respostas
perguntado 27 Jul em Curiosidade por Amaya♡♥ Ouro (63,5K pontos)
+5 votos
7 respostas
perguntado 5 Set, 2017 em Curiosidade por Júlia (456 pontos)
Seja bem vindo ao Gloove, seu novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!
...