+1 voto
36 visitas
perguntado em Religião e Espiritualidade por (141 pontos)
1- que tudo veio do nada.

2- sistemas naturais complexos que se organizam pelo cego acaso, em arranjos milimétricos.

3- que a matéria brota do nada a todo momento e que vai mudando em bilhões de anos imaginários nunca observados.

4- a existência de especiação (mito jamais observado pela ciência) e sem especiação a evolução do mitólogo Darwin não passa de crendice esotérica.

5- que a inconsciência pode criar seres conscientes como homens.

6- ateus jamais provaram que não existe ajuste fino no universo.

7- que homossexualismo é natural.

8- que a matéria (CRIAÇÃO) não existe.

9- que nada tem propósito e faz sentido, mas que estranhamente o ateísmo faria algum sentido, nascido em uma vida sem razão, segundo ateus.

10- que somos guiados apenas por instinto cego como o instinto de sobrevivência (se fosse verdade, não existiriam suicidas, pessoas que morrem por honra e moral e pessoas com coragem e sem medo da morte)

1 Resposta

+1 voto
respondida por Bronze (20,6K pontos)
1) Prove que nada surge do nada. É...se a ciência exige que se prove que "tudo não pode vir do nada" exige também que prove que "nada surge do nada". Até vir refutações ambos os lados podem estar corretos e errados.

"Ah mas é lógico que nada surge do nada"

Era lógico também os postulados de Euclides. Hoje criaram uma nova geometria verdadeira simplesmente negando alguns dos postulados. Então simplesmente dizer que é logico não prova coisa alguma.

Prove que nada surge do nada.

2) O acaso não é cego. Isso é ignorar totalmente a noção de probabilidade.
Um dado cair no número 3 é acaso ceg9? Não. Existia 1/6 de chances de ele cair. Matemática simples.
Um átomo pode se ligar a outro? Sim, pois existe a probabalidade de cair. E é nisso que a evolução se baseia.

3) Como já disse, prove que a matéria não pode surgir do nada.

4) A seleção natural não se sustenta pela especiação mais. Ela se juntou com a genética e se tornou o neodarwinismo. Ela se sustenta pela genética.

Evidências da especiação:
http://www.ib.usp.br/evosite/evo101/VC1fEvidenceSpeciation.shtml

5) O que é consciência? Os neurônios são apenas células formadas por átomos. E o que são átomos? Possuem consciência? Não.

6) Prove que existe um ajuste fino no universo.

7) Prove que a homossexualidade não  é natural.

8) Queria saber quem que disse isso.

9) Não, ateus são adeptos do existencialismo. O sentido para vida são eles que fazem.
Formar família, educar filhos, enriquecer...não precisam de deus para ter sentido na vida.

10) Queria saber quem que disse isso.
comentado por (1,7K pontos)
Só uma curiosidade que tive agora, e que nada tem a ver com o assunto. Sinta-se a vontade para responder ou não. Você frequenta (ou frequentou) o Y!R ou o Space? Quem é (ou era) você lá?
comentado por Bronze (20,6K pontos)
editado por
1) O ateísmo não exige que o universo surja do nada

2) Você confunde tender ao infinito com o infinito. Quando digo que tende ao infinito digo em seu sentido matemático.

*Não era binômio de Newton...era a lei binomial o nome. Fazendo una generalização:



k é quantas vezes você quer que um evento ocorra
n o número de tentativas
p a probabilidade de k não ocorrer em 1 tentativa
Pk(n) é a probabilidade de ocorrer em n tentativas

Se n for extremamente grande, a potência (1-p)^(n-k) será extremamente grande também, pois o expoente será.

3) É engraçado que você impõe uma definição para o nada que nem mesmo é assumida pelos cientistas e nem pelos ateus como existente e que não é necessária para o ateísmo.

4) Você é donode fazer sarcasmo. Como espera que eu não leve como ofensa?

O problema da árvoreda vida está na maior proximidade entre grupos de animais que deveriam estar mais distantes. Isso não tem a ver com a raiz.

A genética não prova a evolução, mas dá argumentos em favor dela, argumentos que provam os mecanismos de váriação.

Espera...
Você quer provar que a evolução é falsa baseando-se na semelhança evolutiva entre as duas espécies de macacos e se perguntando como elas viajaram? Tem coisa errada nesse argumento aí.


5) O argumento do rapaz:
A inconsciência não pode surgir da consciência.

Se o ancestral comum de todos os seres vivos são as bactérias, é porque a inconsciência pode dar origem à consciência.

6) Isso considerando que o design esteja certo. Agora prova isso.

A probabilidade que cachorros falarem a língua humana é infinitesimal. Mas se existir um treinador de cães superpoderoso a probabilidade vai pra 1.

8)
A expêriencia não prova a relação de causa e efeito ou estabelece os limites dela.
As leis da física não funcionam como deveriam próximo do Big Bang. Pior ainda é criar um modelo de universo que descreva fielmente a criação do universo (se é que existe uma).
O argumento cosmológico pode ser aplicado a Deus.
A única forma de fugir disso é criando...como é que é mesmo? Hipóteses ad hoc incapazes de serem provadas.

9)
a) Você também não provou que existe um propósito maior.
b) Agora vamos lidar com o que você entende por implícito? Se eu faço um filho meu propósito passa a ser ele.
c)Claro,  minha função aqui não é a de provar que deus existe é a de provar que deus pode não existir. Isso só é feito com provas que qualquer cético a aceitaria.

10) O papa representa os pensamentos da sua religião? Não. O Edir Macedo representa? Não.
O Dawkins representa apenas o que parte dos ateus acreditam. Não pode falar que a crença ateísta fala isso ou aquilo.
Nem todos os produtos da evolução são favoráveis à sobrevivência.
comentado por Bronze (20,6K pontos)
Já usei vários nicks. O que lembro mais é Guilherme.
comentado por (1,7K pontos)
1) O ateísmo exige que o universo não tenha sido criado, assim só existem duas opções:
 - O universo sempre existiu;
 - O universo não tem causa (surgiu do nada)

A primerira opção já foi totalmente derrubada pela evidência da termodinâmica e do Big Bang, assim o ateísmo só pode exigir a primeira opção: o universo surgiu do nada.

2) Eu sei. No entanto, não houve mais de 1 tentativa, quanto mais um infinito delas. A única forma de ter ocorrido infinitas tentativas seria se houvesse um multiverso (com infinitos universos) ou se este mesdmo universo tivesse surgido infinitas vezes.

Nada disso é real. Além de levar aos paradoxos envolvendo infinitos, carece de qualquer evidência favorável, mas é refutada por uma ampla gama de evidência contrárias. As constasntes só foram estabelecidas uma vez.

3) Veja o item 1.

4) Você mencionou como "prova clara da evolução" um exemplo baseado no isolamento geográfico. Eu apenas mostrei que a Geografia prova justamente o oposto. E o texto no link cita vários exemplos além dos macacos.

5) Mesmo que essa ancestralidade comum dos seres vivos fosse verdadeira, isso não provaria que a consciência pode surgir da consciência. Poderia ter havido uma intervenção em algum momento de nossa história evolutiva. Alguns evolucionistas defendem este ponto de vista.

6) Você precisa saber de uma coisa: quando calculamos a probabilidade de um evento ocorrer, o número máximo é 1, que equivale a uma probabilidade de 100%. Isso fica evidente quando analisamos o Teorema de Bayes. Uma das formas dele é a seguinte:

Pr (H|E) =          Pr (H) x Pr (E|H)
          Pr (H) x Pr (E|H) + Pr (¬H) x Pr (E|¬H)

Em que Pr (H|E) é a probabilidade da hipótese, Pr (H) é a probabilidade intrínseca da hipótese (isolada da evidência), Pr (E|H) é a expectativa racional de E (evidência) se H (a hipótese) for verdade, Pr (¬H) é a probabilidade intrínseca da hipótese ser falsa e Pr (E|¬H) é a expectativa racional de E se H é mentira. Repare que a probabilidade das hipótese depende principalmente deste dois últimos fatores. Podemos ver que a probabilidade máxima, equivalente a 100%, é 1 representando o teorerma na forma:

  x
x + y

Obs: considerando também que é impossível que qualquer probabilidade seja um número negativo.

A paródia que você fez do que eu disse é patética. A probabilidade de cachorros falarem a lingua humana é zero, independetemente do treinador, pois este não tem a capacidade e o poder para fazer com que os cachorros adquiram as estruturas associadas a essa função, permitindo assim que pudessem articular a fala. A questão é a capacidade e o poder. Que tipo de Ser você acha que possuiria a capacidade e o poder para ajustar os valores das constantes físicas de modo que este universo possa possibilite a vida?

8) Basta dar um exemplo em todo o universo de um evento sem causa. Lembrando que vácuo não é nada e pode muito bem ser uma causa.

9) a) Lembre-se da pergunta.
b) Se você tenta viver como se tivesse um filho, a inexistência dele fica implícita. O mesdmo se aplica a um propósito para a vida.
c) Para isso você precisaria refutar todo e qualquer argumento para as existência de Deus. Hoje os mais populares são o Kalam, o argumento do ajuste preciso do cosmo, o argumento da contingência, o argumento da objetividade dos valores morais, o argumento ontológico (versão modal baseada na semântica dos mundos possíveis, de Alvin Plantinga) e o argumento baseado nas evidências para a ressurreição de Jesus (um argumento que só se aplica ao Deus do Cristianismo). Existem outros, mas estes são hoje os mais populares.

10) Eu não citei Dawkins como representante de todos os ateus, mas de um segmento do ateísmo conhecido como "neo ateísmo". Por isso eu não disse que ele é o papa dos ateus, mas dos neo ateus ele é.
comentado atrás por Bronze (20,6K pontos)
1) A primeira opção não foi derrubada pela termodinâmica e nem pelo Big Bang. O Big Bang não é prova de que o universo teve um inicio, apenas de que ele teve uma fase muito densa. As leis da termodinâmica também não, elas só descrevem o universo nosso como ele é, qualquer aplicabilidade dela para o "antes do Big Bang" não e útil pois nem mesmo sabemos como ele é.
Fora que o empirismo, necessário para PROVAR o Big Bang e as leis da termodinâmica, não são provas de verdade. Nada impede que amanhã a experiência contradiza essas teorias.

2) A questão ali é sobre a origem da vida e não do universo. No caso da vida teve possibilidades grandiosas, pois há um número incomparavelmente grande de planetas no universo capazes de abrigar vida e só precisamos de 1 para que a tese dele seja refutada.

3) ---

4) Sim, realmente não prova. Também não prova que é falsa.

5)Eu não quero provar que esse é o único ponto de vista, quero provar que esse ponto de vista serve para explicar que a consciência surge da inconsciência. Parece que você ainda não entendeu minha posição aqui.

6)  A paródia foi errada no ponto em que considerei probabilidade infinitesimal como 0? Porque se for isso não vejo um erro lá muito significante já que o princípio do argumento se mantém: há probabilidade do acaso ter gerado vida e se existir um ser superpoderoso ela vai para 1.

8)Sim, basta isso. Por isso que não prova :)
Se numa experiência amanhã contrariar a teoria...

9) a) Nada na pergunta refuta o ateísmo.
b) Não. O sentido da vida para um bebê é o leite. O de uma criança é brincar. O de um adolescente é entrar na faculdade, namorar. O de um adulto e ter estabilidade financeira e casar. O de um idoso é estar bem fisicamente. Cada um tem um sentido diferente para cada fase da vida.
c) Que nenhum deles é capaz de provar a existência de deus já que partem de premissas apenas...intuitivas.

10) E mesmo assim ele não representa o pensamento deles em geral.
Seja bem vindo ao Gloove, seu novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!
...