+6 votos
24 visitas
perguntado em Família e Relacionamento por Cobre (8,6K pontos)

... por achar que isso pioraria o quadro depressivo da mesma, está fazendo a coisa certa OU isso seria uma prova de que falta confiança na relação? 

2 Respostas

+1 voto
respondida por Prata (35,3K pontos)
selecionada por
 
Melhor resposta
Se não for contagiosa, esse cara tá fazendo o certo. Ela não precisa de mais uma preocupação sofrendo de depressão.
Agora...não dá pra esperar até morrer pra contar pra ela.
+1 voto
respondida por Prata (36K pontos)
editado por
Eu acho que no início do relacionamento não se deve falar do problema para a/o namorada(o) porque caso a relação não dê certo, a pessoa não acha que foi por causa desse fator(doença).

No mundo dos relacionamentos, dar certo ou errado leva a vários fatores, inclusive relacionamentos onde as partes envolvidas são saudáveis , terminam também.

Alguém ter um problema não deve ser motivo de estar junto a vida toda SE por acaso a parte que tem problemas de saúde for uma pessoa mal por exemplo, que sente prazer em ver a outra parte sofrer. Isso existe... o sádico, o masoquismo.

Não sou por exemplo obrigada a ficar com um pedofilo só porquê ele tem uma doença grave, um assassino ou simplesmente uma pessoa que a primeira contrariedade venha me humilhar e xingar e usar sua condição para comover outros e me tornar um monstro.

É por isso que antes do namoro, eu acho importante a fase de se conhecer. Não precisa falar essas coisas que venham interferir na relação por puro preconceito. MAS depois de um relacionamento mais sólido deve contar sim e querendo ou não as pessoas são livres para decidirem o que fazer das suas vidas.

Eu ficaria com uma pessoa com câncer por exemplo ou um cadeirante, se me apaixonasse. Mas um distúrbio mental, seria mais difícil. Como disse já, não dá para suportar uma relação destrutiva, xingamentos, pessoa que bate na outra e dizer "desculpa, tenho um problema". Sendo que há pessoas com o mesmo problema e não agem dessa forma.

Ou seja, uma doença não pode ser usada como desculpas da falta de caráter de alguém. Assim como é errado uma pessoa saudável roubar e matar e justificar que foi pela falta de grana, que o sistema social foi injusto.

Se uma doença é motivo de preocupação, a pessoa poderia inicialmente se resguardar e tentar ver se a empatia, o amor fluiria independente disso. Porque se fluir... a doença será um mero detalhe e que não irá interferir no amor. A pessoa vai querer lutar junto com a pessoa amada, para não passar por isso só.

Perguntas relacionadas

+5 votos
6 respostas
+5 votos
3 respostas
+4 votos
6 respostas
Seja bem vindo ao Gloove, seu novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!
...