+4 votos
72 visitas
perguntado em Religião e Espiritualidade por (3,1K pontos)
editado por

➱➱Primeiro um pedido:

 

Sua resposta é bem vinda por mim independente de você ser cristão, ateu ou agnóstico. Só peço que não use meu questionamento para atacar a crença ou a descrença alheia. Lembre-se que ninguém é obrigado a pensar como você. E lembre-se que existe uma grande diferença entre fazer uso de sua liberdade de expressão e usá-la como pretexto para expor opiniões preconceituosas. Conto com seu bom senso.

 

➱➱Agora vamos ao tema proposto: ⇩ ⇩

 

Hoje ouvimos pregações que nos ensinam que a vontade de Deus para o ser humano na área amorosa é que tenha apenas um companheiro, ou seja, a poligamia seria algo que não agrada a Deus. Então porque homens como Davi e Salomão, por exemplo, tiveram várias esposas e não vemos na Bíblia Deus repreendê-los por isso? Qual é a sua interpretação? Se você é cristão já teve esta dúvida? Consegue encontrar uma explicação bíblica?

 

▀ ▀▄▀▄▀▄▀▄▀▄▀▄

Aguardarei as respostas e só depois irei expor minha visão sobre o tema.

 

Bom fim de semana!

 


➱➱➱Minha resposta: ⇩ ⇩

 

A meu ver foram os homens que criaram culturas humanas em que a poligamia era aceita. Naquele tempo, havia a sociedade patriarcal e machista e sendo assim, obviamente aceitavam apenas que o homem tivesse mais de uma esposa e jamais que uma mulher pudesse ter mais de um marido. O que intriga e causa uma impressão de que Deus era favorável à cultura dos homens é o fato de servos seus terem praticado a poligamia e não vermos Deus repreendê-los por isso. Realmente não vemos muitas repreensões de Deus, mas vemos os registros das consequências negativas da poligamia na vida daqueles homens. A Bíblia deixa claro que a prática da poligamia foi prejudicial, por exemplo, para Salomão e Jacó.  

 

Além da poligamia, muitas práticas erradas estão registradas na Bíblia e nem sempre mostra repreensão por parte de Deus e para aqueles que fazem uma leitura ao pé da letra não percebem que esses atos errados sempre geram consequências negativas. Talvez em muitos dos casos tenha havido repreensão embora não tenha sido registrado porque a Bíblia não traz cem por cento de todos os acontecimentos da vida daquelas pessoas, pois se assim o fizesse seria um livro impossível de se ler do inicio ao fim. Talvez a prioridade de Deus não seja mostrar punição, mas sim nos mostrar que se seguirmos atos errados defendidos por culturas humanas a consequência será negativa.

4 Respostas

+2 votos
respondida por Bronze (15,1K pontos)
selecionada por
 
Melhor resposta
Por respeitar as tradições e as legislações.
comentado por (3,1K pontos)
Concordo. A meu ver foram os homens que criaram culturas humanas em que a poligamia era aceita. Naquele tempo, havia a sociedade patriarcal e machista e sendo assim, obviamente aceitavam apenas que o homem tivesse mais de uma esposa e jamais que uma mulher pudesse ter mais de um marido. O que intriga e causa uma impressão de que Deus era favorável à cultura dos homens é o fato de servos seus terem praticado a poligamia e não vermos Deus repreendê-los por isso. Realmente não vemos muitas repreensões de Deus, mas vemos os registros das consequências negativas da poligamia na vida daqueles homens. A Bíblia deixa claro que a prática da poligamia foi prejudicial, por exemplo, para Salomão e Jacó.  

Além da poligamia, muitas práticas erradas estão registradas na Bíblia e nem sempre mostra repreensão por parte de Deus e para aqueles que fazem uma leitura ao pé da letra não percebem que esses atos errados sempre geram consequências negativas. Talvez em muitos dos casos tenha havido repreensão embora não tenha sido registrado porque a Bíblia não traz cem por cento de todos os acontecimentos da vida daquelas pessoas, pois se assim o fizesse seria um livro impossível de se ler do inicio ao fim. Talvez a prioridade de Deus não seja mostrar punição, mas sim nos mostrar que se seguirmos atos errados defendidos por culturas humanas a consequência será negativa.
+2 votos
respondida por Prata (25,7K pontos)
A Bíblia foi escrita por homens, nenhuma mulher participou escrevendo nenhum de seus livros.

Talvez alguns argumentem que tinha menos gente naquela época, que o objetivo era aumentar a população mesmo, mas aí não tem nada a ver com Deus.

Beijos.
comentado por (3,1K pontos)
A meu ver foram os homens que criaram culturas humanas em que a poligamia era aceita. Naquele tempo, havia a sociedade patriarcal e machista e sendo assim, obviamente aceitavam apenas que o homem tivesse mais de uma esposa e jamais que uma mulher pudesse ter mais de um marido. O que intriga e causa uma impressão de que Deus era favorável à cultura dos homens é o fato de servos seus terem praticado a poligamia e não vermos Deus repreendê-los por isso. Realmente não vemos muitas repreensões de Deus, mas vemos os registros das consequências negativas da poligamia na vida daqueles homens. A Bíblia deixa claro que a prática da poligamia foi prejudicial, por exemplo, para Salomão e Jacó.  

Além da poligamia, muitas práticas erradas estão registradas na Bíblia e nem sempre mostra repreensão por parte de Deus e para aqueles que fazem uma leitura ao pé da letra não percebem que esses atos errados sempre geram consequências negativas. Talvez em muitos dos casos tenha havido repreensão embora não tenha sido registrado porque a Bíblia não traz cem por cento de todos os acontecimentos da vida daquelas pessoas, pois se assim o fizesse seria um livro impossível de se ler do inicio ao fim. Talvez a prioridade de Deus não seja mostrar punição, mas sim nos mostrar que se seguirmos atos errados defendidos por culturas humanas a consequência será negativa.
comentado por Bronze (15,1K pontos)
Não, nenhuma mulher escreveu o livro bíblico porquê, naquele tempo, pouquíssimas eram as mulheres que ao menos sabiam ler e escrever, isso se é que tinha alguma que sabiam. Por isso a zero participação dela nos livros.

Quanto a Poligamia, Deus nos deu o livre arbítrio, então tentava não se meter nos costumes alheios, até porquê, para o pensamento da época, poderia vir ser estranho. Deus fez Eva, a Adão, e se não me engano, Noé tinha somente uma esposa, e seus filhos também. Mas depois do Dilúvio, os filhos de Noé se afastaram de Deus, e começou a devoção a outros deuses, e outros costumes.

Não foi Deus quem ordenou certos costumes, o povo obteve. A sociedade machista da época foi quem estabeleceu determinados costumes. Quando, porém, Deus voltou a falar com o homem, que no caso era Abraão, já tinha determinados costumes estabelecidos.

Agora, falem aquela sociedade, acostumada com vários deuses, que um Deus único ordenou que fosse pecado ter poligamia. Deus tentou adaptar suas ordens de acordo com os costumes. Os "outros deuses" cobravam, por exemplo, sacrifício de animais, então como era costume, Deus aceitava também isso. Depois, no novo testamento, o sacrifício sanguinário foi trocado por outros sacrifícios: Dá dinheiro, jejuar, prometer andar tantos km, prometer orar tantos minutos, enfim, coisas que te tirem da zona de conforto para chamar atenção de Deus.
0 votos
respondida por Cobre (6K pontos)
A Bíblia é um livro cheio de contradições, por isso não dou credibilidade há ela. Se vc for pesquisar bem, vai achar mais contradições ainda.
comentado por (3,1K pontos)
Obrigado por responder. Mesmo não concordando respeito seu direito de não dar crédito ao que há na Bíblia. Eu gosto de investigar estas contradições e descobrir como são interpretadas por outras pessoas. Se desejar saber meu ponto de vista leia a minha resposta.

Obs. O negativo na sua resposta não é meu.
0 votos
respondida por (3,1K pontos)
A meu ver foram os homens que criaram culturas humanas em que a poligamia era aceita. Naquele tempo, havia a sociedade patriarcal e machista e sendo assim, obviamente aceitavam apenas que o homem tivesse mais de uma esposa e jamais que uma mulher pudesse ter mais de um marido. O que intriga e causa uma impressão de que Deus era favorável à cultura dos homens é o fato de servos seus terem praticado a poligamia e não vermos Deus repreendê-los por isso. Realmente não vemos muitas repreensões de Deus, mas vemos os registros das consequências negativas da poligamia na vida daqueles homens. A Bíblia deixa claro que a prática da poligamia foi prejudicial, por exemplo, para Salomão e Jacó.  

Além da poligamia, muitas práticas erradas estão registradas na Bíblia e nem sempre mostra repreensão por parte de Deus e para aqueles que fazem uma leitura ao pé da letra não percebem que esses atos errados sempre geram consequências negativas. Talvez em muitos dos casos tenha havido repreensão embora não tenha sido registrado porque a Bíblia não traz cem por cento de todos os acontecimentos da vida daquelas pessoas, pois se assim o fizesse seria um livro impossível de se ler do inicio ao fim. Talvez a prioridade de Deus não seja mostrar punição, mas sim nos mostrar que se seguirmos atos errados defendidos por culturas humanas a consequência será negativa.
Seja bem vindo ao Gloove, seu novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!
...