+6 votos
42 visitas
perguntado em Política, Leis e Sociedade por (1,8K pontos)

8 Respostas

+1 voto
respondida por Ouro (67,3K pontos)
selecionada por
 
Melhor resposta
Os governos deveriam criar insentivos e facilidades para métodos anticoncepcionais definitivos, para ambos os sexos, já que campanhas de preservativos e outros cuidados,   não tem tido resultados.

Fazer uma criança não é o mesmo que pegar uma doença venérea, se quer fazer sexo irresponsável, não devem existir leis que resolvam o "problema" depois, como o aborto, por exemplo.
+1 voto
respondida por Bronze (12K pontos)
véi, nada sei sobre isso
Vou esperar mais respostas pra saber, ok
abrs
Galoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo
+1 voto
respondida por Prata (48K pontos)
Cada país faz o que quer,minha preocupação é com nosso país.
comentado por (1,8K pontos)
E se fosse no nosso país?
comentado por Prata (48K pontos)
Bem,preferia que fizessem laqueaduras e vasectomias de graça pra quem quisesse e o aborto apenas para casos extremos
+1 voto
respondida por Bronze (23,3K pontos)
Eu sou contra, mas eu acho que a mulher que deve decidir porque ela que é dona do corpo dela..
+1 voto
respondida por Cobre (5,7K pontos)
Acho que o país está evoluindo. É como o Drii respondeu, o corpo é dela, então ela que decide se quer ou não abortar.
+1 voto
respondida por Prata (49,6K pontos)
Quase deu um empate né? Eu sou contra o aborto.

Abraços.
+1 voto
respondida por Cobre (5,8K pontos)
É um direito das mulheres, parabéns para elas que conseguiram.
0 votos
respondida por (945 pontos)
Pra mim, importância zero isso.
Brasil e Argentina estão no final do ranking de liberdade econômica, uma tragédia só comparável à situação da Venezuela.

https://www.heritage.org/index/ranking
http://g1.globo.com/globo-news/estudio-i/videos/v/brasil-e-153o-em-lista-de-pais-com-liberdade-economica/6486903/

Perguntas relacionadas

+6 votos
6 respostas
+3 votos
6 respostas
+11 votos
2 respostas
Seja bem vindo ao Gloove, seu novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!
...