+11 votos
96 visitas
perguntado em Política, Leis e Sociedade por Bronze (24K pontos)

10 Respostas

+3 votos
respondida por Prata (41,9K pontos)
Trabalham muito a cobrança é enorme são mais desgastados, se acham o provedor e ai pelo machismo faz os homens se suicidarem mais do que as mulheres. Os homens morrem e as mulheres ficam todas aí. Rsrs. Já tenho duas vizinhas largadas aqui. Só na minha rua tem 42 mulheres sem maridos. Rsrsrs.

Beijos.
comentado por Bronze (24K pontos)
Pois é, precisamos fazer algo sobre isto.
comentado por Bronze (21,6K pontos)
Shadow fazendo a festa....kkkkkk
comentado por Bronze (19,3K pontos)
Nooossa e eu preocupada com uma vizinha....kkkk
+2 votos
respondida por (3,2K pontos)
Acredito que seja pq nós homens temos a tendência a guardar os sentimentos, e por causa disso não procurar ajuda. Sem falar na cobrança, nós temos que ter dinheiro, status... sem essas coisas a sociedade considera como fracassado.
comentado por Bronze (24K pontos)
Puxa, não liguem pra sociedade :/
comentado por (3,2K pontos)
Obrigado pelo conselho Ágatha, eu estava precisando... Boa tarde!
+2 votos
respondida por Bronze (21,6K pontos)
Boa Tarde, Ágatha!

Estou surpresa...pensei que fosse o contrário...

Beijos!

comentado por Bronze (24K pontos)
Ontem fiquei ciente disto, ITa. Beijinhos.
comentado por Bronze (21,6K pontos)
Os homens costumam morrer primeiro que as mulheres, naturalmente....E agora essa do suicídio....Que triste...
Beijos!
+2 votos
respondida por (3K pontos)
Existem faixas de risco, por exemplo:

- Pessoas de 12 até 16 anos, o índice de suicídio é maior entre garotas.

- Pessoas de 20 até 35 anos, o índice de suicídio é maior entre homens.

- Pessoas de 40 até 60 anos ou mais, há um equilíbrio nos números, apesar da tendência ser um pouco maior para homens, é uma média.


Os fatores são diversos, um deles que está associado é o grau de sensibilidade da pessoa, uma garota entre 12 anos até 16 anos tem um nível de sensibilidade bem maior do que um garoto da mesma idade, enquanto garotos são estimulados a um mundo de fantasia e uma realidade fantástica, garotas são praticamente criadas para a vida desde muito novas, até mesmo em seus brinquedos, como cuidar de uma casa ou um bebê, o que as fazem enxergarem as coisas com mais profundidade e isso trará a consequência inevitável de se depararem com um mundo mais triste, se somar isso à sensibilidade da confusão de hormônios, temos uma tendência maior de cometer um suicídio impulsivo que acaba funcionando na maioria dos casos, como a ingestão de produtos de limpeza, queda de lugares altos e enforcamento.

Quanto maior o nível de sensibilidade de alguém maior será a tendência de cometer suicídio, isso pode estar ligado também ao fator genético, existe uma combinação presente no DNA que faz com que uma pessoa seja mais depressiva, possuindo conexões neurais reduzidas, fazendo o processamento de informações ser uma função rápida e prática, nesses casos a pessoa terá tendências à depressão, porém isso não significa que cometerá o suicídio.

Não podemos ignorar o fator ambiente, a sociedade em que o indivíduo está inserido determina boa parte de suas tendências e vícios, como por exemplo um dado interessante: O suicídio proporcionalmente é maior em cidades desenvolvidas e não em lugares em desenvolvimento, o que acompanha o pensamento de que as pessoas tendem ao suicídio quanto mais competitivo e frio é o ambiente onde vivem, o que de certa maneira explica um país desenvolvido tecnologicamente e socialmente como o Japão ter um número de suicídios tão alto, principalmente entre jovens de 16 - 18 anos, quando estão indo do Ensino Médio para as faculdades, as chances de fracasso e falta de sucesso, não podem ser compreendidas por nós brasileiros, que sempre temos um jeitinho para tudo, lá não vai funcionar dessa maneira, sem qualificações os empregos são péssimos e o salário baixo com uma moeda absurdamente desvalorizada, uma vida infeliz em grandes centros urbanos, com pessoas em status de sucesso, fará com que um fracassado socialmente acabe desistindo de continuar, afinal não há mais sentido para isso.

Agora respondendo como alguém que já tentou cometer suicídio no decorrer da vida e leva um estilo de vida suicida (sem cuidados com a saúde), sinto que não consigo ignorar as coisas que acontecem ao meu redor, como o mundo funciona e como a vida realmente é sustentada, desde o alicerce até o topo dessa pirâmide, a rede de conexões, a forma como servimos como pequenas engrenagens e nossas funções e níveis de utilidade são determinadas pelo exercício de um fragmento econômico, na ausência do mesmo, somos descartados. Esse pensamento me impede de fazer certos cuidados, como convivência social (pois não há sinceridade nessas interações), não consigo ter facilidade em desenvolver objetivos pessoais (no final das contas não é algo pessoal), além de não enxergar melhoras (pois está além do podemos mudar em uma ou cinco gerações). O ciclo sempre irá se repetir, o suicídio é uma forma de manter o equilíbrio entre a vida e a morte, a tendência para isso será cada vez mais um fator genético e ambiental, corrigindo o crescimento acelerado na população.

Claro, isso é apenas uma perspectiva, não existe nenhum estudo conclusivo a respeito do suicídio, pois os padrões são inconsistentes.
+2 votos
respondida por Bronze (18,6K pontos)
Os homens são 90% dos mendigos e realizam 95% de todos os trabalhos perigosos. Também representam  95% dos acidentes de trabalho e 80% dos suicidios.

Apesar de o câncer de próstata matar tanto quanto o de mama, o Governo gasta 50% menos que gasta com a saúde da mulher.

Os homens se aposentam 5 anos mais tarde apesar de viverem em média 8 anos a menos, isto sem falar que eles são obrigados a prestar o serviço militar. Em Israel, homens e mulheres são obrigados a prestar o serviço militar, e este aliás tem um tempo de duração maior que o nosso.

Já que se fala em igualdade, precisamos corrigir estas distorções que prejudicam os homens, inclusive no que diz respeito à saúde mental e física dos homens.

Quanto à questão das forças armadas eu ainda concordo com a forma que está, afinal assim como é o papel do marido proteger a esposa, é papel dos homens protegerem as mulheres.

Abraço.
comentado por Bronze (24K pontos)
Uma boa sugestão para o Ministério da Saúde: fortalecer as políticas de saúde para vocês, homens, enfatizando estes pontos que você citou, Peregrino.
comentado por Bronze (18,6K pontos)
Sim, eu concordo.
+1 voto
respondida por Prata (27,6K pontos)
editado por
Oi Ágata, essa pergunta para mim é difícil de responder porque eu particularmente não sei. Vemos muito falar nas questões sociais femininas,  sem debater esses assuntos sobre a perspectiva masculina. Precisaria mais de dados e pesquisas a cerca.

Por alto, acho, que é a pressão de serem mais RACIONAIS, omitindo e abafando o seu sentir para se mostrar mais "homens ", segundo  o padrão social.

Sei que também depende da cultura de cada país, região... No Japão a pressão é por competência  e quando um homem fracassa isso é terrivel para a família ao ponto de fazerem eles se suicidarem.

Em alguns locais tem um apelo terrorista, os Kamikases morrem pela sua nação, pelas suas crenças. Em geral homens porque eles são preparados para Guerra, obrigados a se alistarem e vivenciar esse terror muitas vezes leva a isso mesmo. Ao suicídio.

É um assunto bem abrangente mas importante de se colocar em pauta.

Bjs e bom dia
comentado por Bronze (24K pontos)
Sim, Aninha...no Japão é pior mesmo, não deveria ser assim...bom dia pra ti tb...aqui tô encolhida de frio...rs
comentado por Prata (27,6K pontos)
Eu também. .. na preguiça.  Não  faz frio mas está  valendo.

Bom te ver.

(=
+1 voto
respondida por Ouro (54,7K pontos)
Eu não sabia disso, bom, talvez se sintam mais pressionados.
comentado por Bronze (24K pontos)
Sim, fiquei ciente disto ontem
+1 voto
respondida por Ouro (62,6K pontos)
editado por
Fui pesquisar, e a resposta que encontrei foi... feminista.

Nessa resposta diz que o motivo é a cultura machista do homem, de que eles é que  devem pagar todas as contas e não demonstrar fraqueza.

Só não entendo porque isso é errado, porque é considerado machismo,  se as mulheres querem a mesma coisa.

Se elas querem direitos iguais, não podem acusar o homem de machismo, pois estão lutando para serem iguais a eles,  fazer o que fazem.

Não é difícil entender o que está acontecendo, as feministas estão dizendo que os homens estão errados e que devem mudar, só que querem ser iguais a eles, ou seja, o feminismo quer inverter os papéis, fazer aquilo que está incutindo na cabeça dos homens ser errado.

E contam com as leis  criadas contra os homens para fazerem valer seus direitos.

O homem sempre DISPUTOU espaços de forma natural, usando de competência, de garra e  agora, por lei, está sendo obrigado a ceder espaços, e a  sua vontade, competência, garra não passam de machismo na cabeça das mulheres.
+1 voto
respondida por Bronze (19,3K pontos)
Olha eu aqui...grandes coisas....kkkk..mas sabe que achei engraçado o que falou Shadow sobre o homem se achar "mantenedor" e coisa e tal...não creio nisso não, principalmente hoje em dia,onde via de regra essa "manutenção é por vezes tão dividida ou quando não sobra tudo pra mulher...Não sabia dessa estatística, confesso que  me surpreendeu, haja vista o índice de depressão, é muito maior nas mulheres que nos homens e  sempre pensei que a  depressão fosse a maior causa dos suicídios..enfim...talvez aí entre mesmo o machismo, pois quando se sentem derrotados e enfraquecidos por alguma circunstância, o homem tem muito mais dificuldade de superar que a mulher...agora me fez pensar algo interessante também a respeito... a mulher quando tem filhos, tem muita mais dificuldade de cometer um ato desses, pois ela precisa sobreviver a qualquer custo, em nome de sua prole.Boa tardeeee ...mil bjos
comentado por Bronze (24K pontos)
Amei querida. Um ótimo dia pra ti ♥
comentado por Bronze (18,6K pontos)
Os suicidas do sexo masculino usam métodos mais violentos, portanto o índice de sucesso também é maior entre eles. Ex: mulheres tomam overdoses de remédios e homens se enforcam ou atiram em si mesmos.
+1 voto
respondida por (1,1K pontos)
editado por
Boa noite Ágatha

Estudos indicam que as mulheres têm mais capacidade para suportarem pressões, dores e estresses. Elas têm muita versatilidade e melhor plasticidade neural. Deve ser isso.

Perguntas relacionadas

Seja bem vindo ao Gloove, seu novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!
...