+6 votos
32 visitas
perguntado em Política, Leis e Sociedade por Prata (25,1K pontos)

4 Respostas

+1 voto
respondida por Ouro (54,7K pontos)
Sempre tive, sempre joguei muito dinheiro fora, na hora que precisei, várias vezes, quem me atendeu foram os serviços públicos, ô azar de não conseguir dar forra nas empresas privadas. Rsrs.

Abraços.
+1 voto
respondida por Ouro (50,2K pontos)
Paguei a vida toda convênio e nunca usei. Quando quis 1 consulta, levaria mais de 2 meses.
Parei.



Espero q SUS melhore para q o povo possa usar.
Pra isso pagamos os impostos mais altos do mundo e $$$ é o q não falta.
Falta é adm e governantes q tenham vergonha na cara.
0 votos
respondida por (945 pontos)
editado por
Sim, o INSS pode quebrar, se continuar empurrando o problema com a barriga por muito tempo. A reforma da previdência teria de ser feita com urgência, mas o Congresso tem a maioria de pessoas que não tem a mínima preocupação com o futuro do país, só com o futuro deles. A maioria que é contra a reforma ou é por absoluta ignorância do assunto ou é por corporativismo mesmo. O setor público, com menos de 1/10 de beneficiários, causa um rombo no caixa do Tesouro maior do que os beneficiários do setor privado.

O resultado é que a dívida interna do país está caminhando para R$4 trilhões de reais.
https://g1.globo.com/economia/noticia/divida-publica-sobe-143-em-2017-para-r-355-trilhoes-e-bate-recorde.ghtml

Os juros que o Estado paga para rolar essa dívida são absurdos, custa mais de R$1 trilhão POR ANO!! Os bancos tem ganhos extraordinários e escandalosos. enquanto isso, 26,3 milhões de pessoas (IBGE, 2018) estão sem ocupação no mercado de trabalho. É um verdadeiro desespero procurar emprego no Brasil.

Ocorre que aí nesses cálculos não estão incluídos somente os juros da dívida, tem também as amortizações e o refinanciamento. Refinanciamento ou rolagem é a novação da dívida: uma operação contábil que substitui créditos antigos por novos. O governo adia o pagamento renovando o empréstimo, o que ocorre por meio do lançamento de títulos novos.

Porém, aí entram certas coisas que não apenas a economia explica, mas o "modus operandi" da política. A rolagem da dívida depende da aceitação dos credores, do concerto do governo com bancos e financeiras, que podem exigir condições mais vantajosas para o refinanciamento, em função de conjuntura e barganha. A necessidade de rolar os débitos confere a eles poder de retaliação, quando desagradados são  por medidas impopulares. Como se diz por aí, melhor não ver como são feitas as salsichas e a política.

Quanto a fazer um plano de previdência, não penso.
0 votos
respondida por Ouro (69,6K pontos)
De acordo com reportagens, o Brasil foi avalista da Venezuela em um empréstimo,  no governo Lula, e a Venezuela não pagou esse empréstimo e coube ao Brasil pagar e foram usados recursos da previdência para esse pagamento.

O governo está saqueando nossa previdência para tapar buracos da corrupção, e com isso pode acontecer a falência dela.

Perguntas relacionadas

+4 votos
2 respostas
+4 votos
2 respostas
+4 votos
3 respostas
Seja bem vindo ao Gloove, seu novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!
...