+10 votos
56 visitas
perguntado em Educação por Bronze (21,2K pontos)
O comércio de escravos pelos muçulmanos precedeu em sete séculos os europeus. Alguns estudiosos acreditam que este perdurou até 1960.

Entre 17 e 20 milhões de africanos foram escravizados pelos muçulmanos - contra 11 milhões pelos europeus. O antropólogo Senegalês Tidiane N'Daye é um dos que estudam a questão e escreveu o livro "O genocídio velado".

O próprio  N'Daye em seu livro afirma que a escravidão islâmica foi a maior da história humana, que durou 13 séculos e teve muito mais vítimas que a européia que durou 4 séculos. Os muçulmanos não só escravizavam como castravam os negros para não permitir que estes tivessem filhos. Os escravos eram distribuídos entre Pérsia, Turquia e Índia ou então eram levados para o Norte da África. Somente 1 em cada 5 africanos capturados sobreviviam, e as mulheres iam para haréns.

Ao contrário da Europa que teve homens como Wilberforce e tantos outros, no mundo islâmico ninguém advogou a causa da abolição.

A escravidão islâmica não se limitou aos negros. Em seu livro "Christian slaves, muslim masters", Robert.C.Davis, professor de história da universidade de Ohio, examina a questão da escravidão dos brancos.

Corsários muçulmanos capturaram escravos brancos nas regiões costeiras da Itália, França, Espanha, Portugal, Holanda, Grã-Bretanha, Grécia e Irlanda.

Segundo Davis, cerca de 1,25 milhões de europeus foram capturados, e muitas vezes estes mesmos piratas também pediam pagamento de resgate a seus familiares. Homens poderiam ir para as galés enquanto as mulheres iam para os haréns.

A historiografia a respeito da escravidão por parte dos muçulmanos ainda é relativamente nova, não existe quase nada traduzido, a maioria das obras está em inglês e francês.

Você conhece esta história?

6 Respostas

+1 voto
respondida por Prata (31,2K pontos)
pois é né, é por isso que o lider deles foi aquele maluco do Osama Binladem que o Diabo o tenha!
+1 voto
respondida por Ouro (54,1K pontos)
Não sabia disso não,muito triste essa história de escravidão,mas hoje em dia ela ainda existe sobre outras formas,pessoas pensam serem livres quando na verdade a vida é cumprir horários.
+1 voto
respondida por Prata (37K pontos)
Sabia sim, é por isso que eu odeio essa raça.
+1 voto
respondida por Bronze (19K pontos)
Não conhecia essa história, mas já li que os próprios negros escravizavam seu povo.
Isso já é um mal do ser humano, não de alguma raça específica.
comentado por Bronze (21,2K pontos)
Sim, mas muçulmanos não são uma raça, aliás, menos de 30% dos muçulmanos são árabes.

A questão que eu quero levantar é: existêm muitas críticas, inclusive justas contra as ações dos povos ocidentais ao longo da história. A questão é que não foram somente eles que praticaram isto, mas que somente direcionadas a eles é que partem as acusações e ações de reparação.

Abraço.
comentado por Bronze (19K pontos)
Sim, eu entendi o que você quis dizer.  É que vejo muitas pessoas que gostam de colocar um povo como vítima e outro como vilão, como se o mal fosse algo étnico. Estou apenas reforçando o que você disse. Quando falamos de racismo, a primeira coisa que costumamos pensar é no branco sendo racista com o negro. É algo quase que automático. Quando existe racismo de muitos outros grupos étnicos, mas ninguém fala disso, porque aparentemente o politicamente correto é falar apenas do racismo do branco em relação ao negro.
Flw.
+1 voto
respondida por Prata (25,1K pontos)
Não sabia não, que triste. Chorava quando lia sobre os navios negreiros...há coisas difíceis de acreditar.

Beijos.
+1 voto
respondida por (1,7K pontos)
O próprio nome Islã significa "submissão", então isso já era de esperar.
Seja bem vindo ao Gloove, seu novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!
...